“Nunca sinta muito.”
Esquece. Não vou atrás de ninguém. Não mais. Ontem eu quis desesperadamente a sua companhia lá naquele banco da praça, quis ficar ali com você a noite toda se pudesse. E quando fui embora pensei em te ligar, dizer pra voltar amanhã, vir me fazer sorrir. Mas não. Hoje eu acordei e pensei que seria melhor não, eu não quero me apegar em ninguém, não quero precisar de ninguém. Quero seguir livre, entende? Mesmo que isso me faça falta, alguém pra me prender um pouquinho. Vou me esquivar de todo sentimento bom que eu venha a sentir, não levar nada a sério mesmo. Ficar perto, abraçar de vez em quando, sentir saudade, gostar um pouquinho. Mas amar não, amar nunca, amar não serve pra mim. Prefiro assim.”
Caio Fernando Abreu (via querido—john)
Mas será que isso é possível?
Digo, morrer e continuar respirando…”
Liverpool, Inglaterra, 1995.    (via p0etizarei)
Desculpe estou um pouco atrasado, mas espero que ainda dê tempo. De dizer que andei errado, e que eu entendo. Amor eu sinto a sua falta.”
Nando Reis.   (via aversiva)
Eu poderia até dizer que não te entendo, mas o pior é que eu te entendo sim. Eu sei o porquê de você estar correndo atrás desse idiota, eu sei porque você insiste nele, porque não consegue enxergar de jeito nenhum que eu pararia a minha vida pra te ajudar a viver a sua. É porque você às vezes precisa quebrar a cara, ir pelo caminho tortuoso e difícil de trilhar, aquele que lá no finalzinho se revela o que não deveria ter sido seguido, você precisa sentir o gosto que fica na boca quando a gente leva uma porrada daquelas do destino. É por isso que você não me escolhe ao invés de escolher sempre ele, que nunca tá nem aí pra nada e ninguém. Aposto que ele nem percebeu que você odeia rosa e não se sente confortável de vestido, mas que tem usado ultimamente pra parecer mais feminina. Aposto que ele não sabe porque A Bela e a Fera é seu conto de fadas predileto, e nem que você às vezes fala sozinha antes de dormir. Eu poderia apostar que você nunca passou horas no telefone com ele cantando músicas aleatórias, e duvido que ele tenha noção do quanto você tem medo de altura e odeia a sensação de estar sozinha. Sei que ele não entende quando você não quer conversar durante uma viagem de carro e porque fica olhando com tanta atenção as pessoas passando na rua pela janela. Ele não liga pro jeito que você penteia o cabelo e nem como você fica uma graça quando envergonhada. Ele não te entende como eu e nem te observa como eu faço. E o pior é que ele nem tenta. E por te amar tanto eu tenho te deixado livre pra decidir, livre pra correr atrás de um cara que não vê o quanto você é especial, linda e surpreendentemente cativante. Aposto que ele não tem certeza disso. Mas eu tenho. E tem sido essa certeza que tem me feito seguir em frente. Ela, e o jeito como meu coração pula de alegria quando consigo roubar um simples sorriso seu.”
Azul Ciano.    (via esgotada)
Chore tudo que você tiver que chorar. Lembre de tudo que você tiver que lembrar. Tire um dia só para falar dele. Embriague-se dele. Tenha uma overdose dele. Repita o nome dele dentro da sua cabeça mil e uma vezes. Pense nele antes de dormir, e refaça os seus diálogos. E então, no dia seguinte, acorde para uma vida nova. Deixe ele, e tudo do dia passado, ali, no passado.”
Tati Bernardi.     (via k-alif)
Toda vez que toca o telefone eu penso que é você; Toda noite de insônia eu penso em te escrever pra dizer que o teu silêncio me agride, e não me agrada ser um calendário do ano passado. Pra dizer que teu crime me cansa, e não compensa entrar na dança depois que a música parou. Num tempo em que nada nos dividia, havia motivo pra tudo e tudo era motivo pra mais.”
Engenheiros do Hawaii.    (via p0etizarei)
Não é porque eu parei de falar, que eu parei de sentir. Talvez eu só tenha cansado de dizer tantas coisas, que amanhã, ninguém se lembrará mais.”
Sean Wilhelm.  (via eternue)
E se ele perguntar sobre mim, diga somente que estou melhor, nem bem, não tão mal, apenas com menos dores que ontem, quem sabe mais feliz amanhã. Que estou indo, deixando pelo caminho pedaços da minha pesada carga de problemas existenciais, mas morando ainda no mesmíssimo endereço onde sento no fim da tarde no banco de praça, ele sabe qual, e fico admirando o céu que possui uma paz que nunca terei. Estou tentando abrir um sorriso a medida que percebo que sem ele está tudo diferente, de uma forma ruim. Quando fecho os olhos, eu me mudo, habito noutro planeta onde os moradores tem somente o nome dele, que os fantasmas que me assolam tem seu mesmo perfume, mesmo gosto do beijo. Simplificando: Faça-me o favor de pedir para ele morrer antes que eu enlouqueça e vá atrás dele. Ou mande ele voltar depois da primavera para o lugar de onde não deveria ter saído sem me levar.”
A saudade poderia ser opcional  (via diario-empoeirado)
Casais estão juntos para protegerem um ao outro. Para se segurarem no ônibus ou no metrô em horário de pico. Pra dividir o sorvete. Andar de mãos dadas. Carregar o parceiro ou a parceira nas costas, carregar a bolsa. Dividir os problemas, somar e crescerem juntos. Pra ir buscar em casa, a pé, de ônibus, de carro ou do que for, mesmo que seja longe. Pra ouvir as chatices e as reclamações, sentar, conversar e resolverem juntos todos os problemas a fim de que nada se repita ou vire uma pedra no caminho dos dois. Casais assim são lindos. Casais do tipo que as pessoas na rua olham, os olhos brilham e sentem vontade de que aquilo aconteça com elas também. Ser um casal é difícil, mas é pra gente se sentir par, não pra voltar pra casa chorando como se fosse ímpar.”
Moshi Moshi (via mochi-nya)
Ofereça um frasco de amor, para quem está acostumado a beber litros de dor.”
Cauê Della Torre.  (via promessasantigas)
THEME CREDIT ©