“Nunca sinta muito.”
Desculpa, ok? Desculpa se eu não dei o meu melhor. Desculpa se eu fui orgulhoso. Desculpa se às vezes que eu te fiz chorar foram maiores do que as que eu te fiz sorrir. Desculpa se eu sempre fui egoísta e procurei fazer o melhor pra mim esquecendo do que era melhor pra ti. Desculpa se eu desisti… Mas não foi só de nós. Eu desisti de mim também. Desculpa se eu desejei tantas vezes nunca ter te conhecido. Desculpa se nunca me mostrei agradecido por todo o bem que você me proporcionou. Desculpa se eu te ignorei quando tu veio atrás, desculpa se eu não li quando você escreveu, não atendi quando você ligou, não respondi quando você mandou mensagem. Desculpa por ser assim. Desculpa se eu fui irritante. E convencido. Desculpa se eu deixei meu medo impedir que algumas coisas acontecessem. Desculpa minha falta de confiança. Desculpa por me afastar do nada. Desculpa por te ignorar de propósito. Desculpa por fazer algumas coisas com a intenção de te machucar. Desculpa pelas crises de ciúme. Desculpa por ser criança e desculpa pelas infantilidades. Desculpa por descontar em você coisas que não tinham nada a ver. Desculpa por te pedir pra esquecer e depois correr atrás te fazendo lembrar. É tarde, mas eu não ligo. Não muda nada, mas mesmo assim… Desculpa por tudo.”
Vinícius Kretek.  (via requisitei)
Eu acho que tenho essa ironia, esse deboche sim. É uma autodefesa, porque as pessoas são fogo mesmo. Então a gente tem que jogar um pouco com o deboche, com o cinismo para não se machucar.”
Cazuza.     (via naosepercanasmemorias)
Tumblr era um lugar de paz e amor, até entrar umas crianças babacas que estragaram tudo. Nego aqui está se achando a única garrafa de água da micareta, para que aqui é um lugar mágico. Não tem necessidade de ficar se exibindo. Não é uma competição de quem tem mais seguidores. Você não está ganhando dinheiro nenhum sendo um puta idiota que não pode nunca estender a mão para o próximo
Ando por aí querendo te encontrar, em cada esquina paro em cada olhar. Deixo a tristeza e trago a esperança em seu lugar.”
Cássia Eller.  (via renevar)
Minha parte eu fiz, corri atrás, chorei, liguei, chamei e cansei. Fim.”
Yaghor Vieira
Já chegou a ponto de olhar pro céu e implorar ajuda?
Bem, eu realmente aprendi algumas coisas e uma delas é que a felicidade não tem nada a ver com a aprovação das outras pessoas. O que é realmente importante é estar feliz com você mesmo, encontrar alguém que é importante para você e seguir adiante sem ligar para que os outros falam.”
Kurt Cobain.  (via esgotada)
Então pegue o telefone ou um avião, deixe de lado os compromissos marcados, perdoa o que puder ser perdoado, esquece o que não tiver perdão…”
Engenheiros do Hawaii (via poetasocultos)
Acho que te devo um pedido de desculpas. É que nem eu mesmo gosto muito de mim, e fico meio assustado quando alguém me diz que consegue isso. É que você parecia minha amiga, só minha amiga. Você fala como uma amiga. Me cumprimenta como amiga. Me telefona e me convida para cinemas como uma amiga. Seu riso é de amiga. O seu abraço é de amiga. Nada além de amiga, entende? Amiga? Sei que andei falando coisas sem pensar. Me esforcei pra deixar quieto, ficar de boca calada, não fazer merda. Quase deu certo. Você sabe, sou meio blá. Olha, sei que andei falhando todas essas vezes, nos últimos meses. Em minha defesa, não era bem eu. Só estava tentando ser uma outra coisa, sei lá, algo que pudesse merecer você. Como eu poderia adivinhar que alguém como você gostaria de mim, assim desse jeito atrapalhado que eu sou? Um dia, eu sei, você vai entender os meus motivos. E talvez eu os entenda também. Você estava meio etílica, mas sei que foi honesta, pelo menos na hora em que disse aqueles troços. Não sei o nome disso que estamos sentindo um pelo outro e também não me importa. Pode ser o ápice ou o precipício, e tudo bem. E também não sei se teremos habilidade para cultivar isso por três semanas ou por três décadas inteiras. Só sei que agora estou interessado em saber como será o próximo passo.”
Gabito Nunes. (via subtraido)
THEME CREDIT ©